Partilhar em
O IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê que se mantenha o tempo quente ao longo desta semana. Por isso, é importante que se proteja a si e aos seus, dos efeitos do calor intenso. Mantenha-se informado!
A DGS – Direção Geral da Saúde recomenda:
  • Beba água ou sumos de fruta natural, mesmo quando não tem sede, e evite o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Faça refeições frias, leves e coma mais vezes ao dia;
  • Utilize roupa larga, que cubra a maior parte do seu corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol;
  • Mantenha-se em ambientes frescos, pelo menos 2 a 3 horas por dia;
  • Evite a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas.
  • Utilize protetor solar com fator > 30 e renove a sua aplicação de 2 em 2 horas;
  • Se trabalhar no exterior, faça-o acompanhado porque em situações de calor extremo poderá ficar confuso ou perder a consciência;
  • Tenha especial atenção com os doentes crónicos, crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida;
  • No período de maior calor, corra as persianas ou portadas; ao entardecer deixe que o ar circule pela casa;
  • Mantenha-se informado relativamente às condições climáticas para poder adotar os cuidados necessários.

Para além das recomendações acima descritas, encontrará informação adicional www.dgs.pt.

Se tem pessoas idosas a seu cargo, reforce os cuidados de hidratação, oferecendo água várias vezes ao dia. As pessoas idosas são um grupo de risco, porque os seus mecanismos de regulação da temperatura corporal já não funcionam tão bem como num adulto saudável, desidratando com facilidade. Por este motivo, podem ocorrer situações potencialmente graves (como o chamado “golpe de calor”). De forma a evitar tais situações, deverá ter em atenção os conselhos fornecidos.

Fonte: Direção Geral da Saúde

Fotografia: BBC