Partilhar em
Em 2018, a CAISA criou o Oeste Cuidador –  Gabinete de Apoio ao Cuidador Informal da Zona Oeste de Guimarães, uma visão estratégica para o nosso território, tendo sido este um projeto pioneiro em Guimarães.

O que é o Cuidador Informal?

O Cuidador é toda a pessoa que assume como função a assistência a uma outra pessoa que, por razões tipologicamente diferenciadas, foi atingida por uma incapacidade, de grau variável, que não lhe permite cumprir, sem ajuda de outro (s), todos os actos necessários à sua existência, enquanto ser humano (Oliveira et al., 2007)

Ao longo da nossa vida, todos nós somos cuidadores e pessoas cuidadas, em maior ou menor proporção. Posto isto, consideramos importantíssimo que cada vez mais se debata esta temática. Mas, mais do que debater, urge criar soluções realistas para os cuidadores. Infelizmente, os cuidadores são maioritariamente invisíveis, confinados às suas casas, ao ato de cuidar, 24 sobre 24 horas, sem folgas, férias ou fins-de-semana. O ato de cuidar, por muito amor que tenha envolvido, cansa, desgasta, pelo que precisamos de olhar por quem cuida.

Foi nesse sentido que surgiu, há quase 4 anos, o Oeste Cuidador. Hoje, mais do que nunca, continua a fazer sentido, sendo suporte de dezenas de cuidadores informais. Se é cuidador informal e precisa de ajuda, não deixe de nos contactar!

Legislação de apoio

Em janeiro de 2022, o Exmo. Senhor Presidente da República promulgou o decreto do Governo que estabelece os termos e condições do reconhecimento do Estatuto do Cuidador Informal, considerando que é um “pequeno passo num domínio tão importante para muitos portugueses”.

“Ao abrigo desta regulamentação, após o período de experiências-piloto em 30 concelhos, as medidas de apoio ao cuidador informal, como o descanso do cuidador, a promoção na integração no mercado de trabalho ou o subsídio de apoio ao cuidador informal passam agora a poder ser aplicadas em todo o território continental”.
Para mais informações entre em contato www.caisa.pt